Publicado em 09-08-2012 às 17:43 | por Bruna Rasmussen

Rifle semiautomático é criado usando uma impressora 3D

Michael Guslick, entusiasta de armas, criou a principal peça da arma sem sair de casa.

Fonte: Reproduçã/Have Blue

As impressoras 3D estão, aos poucos, mostrando o seu potencial e deixando claro que ter chance de construir seus próprios objetos pode mudar a economia e indústria radicalmente. Michael Guslick (conhecido na internet como “Have Blue”), um entusiasta de armas, usou uma dessas impressoras para criar a peça principal um rifle AR-15 semiautomático que funciona de verdade.

Guslick disse para o  Huffington Post que conseguiu alguns desenhos do funcionamento da arma na internet e assim reproduziu a peça-chave, que agrupa os demais componentes do rifle, usando a impressora. Mas a resina não seria forte o suficiente para compor o interior do rifle. Então, ele recorreu a uma pistola 22 mm para formar essa parte interna e encaixou o restante das peças de metal.

Peça principal do rifle, criada em impressora 3D. Fonte: Reprodução/Have Blue

A arma foi testada e funciona bem, apesar de ainda precisar de alguns ajustes. Quando questionado sobre o fato de esta ser ser a primeira “arma impressa” do mundo, Guslick nega. “Os fabricantes de armamento têm feito exatamente isso para criar protótipos e testar armas há tempos”, afirmou.

A criação de “Have Blue”, deu início a uma gigantesca onda de comentários na internet afirmando que o uso livre de impressoras 3D pode ser perigoso, já que qualquer um poderia criar suas próprias pistolas e rifles sem sair de casa. Michael Guslick discorda.

“Apesar dessas ferramentas estarem disponíveis igualmente aos criminosos, eu não vejo essas pessoas vindo para as impressoras 3D para procurar armas ilícitas enquanto o mercado negro continua a oferecer os produtos usando métodos mais simples – e sem precisar de habilidades técnicas”, disse ele.

  • Fontes:


Tags:






De volta ao topo ↑