Publicado em 05-08-2012 às 17:50 | por Bruna Rasmussen

Garota leva 30 dias de detenção e tem seu cabelo cortado após “aparar” cachinhos de criança

O crime é curioso, a pena é severa e a punição alternativa do juiz é mais do que bizarra!

Garota teve o cabelo cortado pela mãe. Fonte: Reprodução/KLS

É comum entre crianças a brincadeira de cortar partes do cabelo do coleguinha. Para Kaytlen Lopan, uma garota norte-americana de 13 anos, no entanto, a diversão não acabou em final feliz.

De acordo com a KSL, Kaytlen cortou pedaços do cabelo de uma menina de três anos em um restaurante do McDonald’s, na cidade de Prince, nos Estados Unidos, e, por isso, foi condenada a passar 30 dias no centro de detenção e a cumprir mais 276 horas de serviços comunitários.

No entanto, não bastando a situação no mínimo curiosa, o juiz ofereceu uma pena alternativa que reduziria as horas de serviço: a menina, que estava de rabo de cavalo, deveria ter seu cabelo cortado, ali, na frente de todos.

A mãe da garota acatou o pedido e cortou o cabelo da filha. Mas depois ela entrou com uma ação contra o juiz, alegando ter sido coagida pela pressão do tribunal. “Olho por olho, não é assim que se ensina uma criança sobre o que é certo e o que é errado”, disse ela.

  • Fontes:


Tags: ,






De volta ao topo ↑