Publicado em 07-08-2012 às 21:21 | por Bruna Rasmussen

Professora supostamente bêbada aplica prova de 23 horas na Rússia

Alunos não puderam nem mesmo ir ao banheiro.

Kazan University, na Rússia

Kazan University, na Rússia, onde o caso aconteceu. Fonte: Reprodução/Wikimedia Commons

Você reclama da sua prova discursiva e das 15 questões a que precisa responder em uma hora? Injusto mesmo foi o que passaram os alunos da Universidade Kazan. Eles foram obrigados a fazer uma prova que teve 23 horas de duração e não puderam sair nem mesmo para ir ao banheiro.

A professora, Landysh Zaripova, supostamente estava embriagada e o exame durou das 10h da manhã até as 9h da manhã seguinte. “Mais para o fim, todos estavam apenas sentados lá, completamente exaustos. A professora ia para outra sala, bebia mais, voltava e começava a falar da sua vida”, contou um dos alunos.

  • Fontes:


Tags: ,






De volta ao topo ↑