Publicado em 22-11-2012 às 23:33 | por Bruna Rasmussen

Garoto tira nota baixa e decide processar a escola, nos EUA

Devido à nota baixa, aluno não pode ingressar na universidade que queria.

Bowen Bethard

Fonte: Reproduçao/ABC News

Receber um C+ em uma prova não é motivo de desespero, já isso que equivale a uma nota média. Mas para Bowen Bethards, aluno da Albany Highschool, na Califórnia (EUA), sua nota final no boletim de Química virou motivo de processo.

De acordo com sua mãe, Laureen Bethards, o garoto acabou faltando a uma aula em que houve uma avaliação de laboratório. No entanto, mesmo tendo justificado formalmente a sua ausência, ele não foi autorizado a fazer o teste.

“Meu filho teve seus direitos negados e eles roubaram sua nota”, disse ela.

Com um C+ na disciplina, o garoto não conseguiu ingressar na universidade que queria e acabou processando o professor e a escola.

Na corte, foi alegado que Bowen sofreu física e emocionalmente por conta do estrago em seu histórico acadêmico. Agora, ele quer que sua nota seja alterada para A+ e pretende embolsar US$ 10 mil (cerca de R$ 20 mil) por danos morais. E aí? Professor safado ou aluno folgado?

  • Fontes:


Tags: , , , ,






De volta ao topo ↑