Publicado em 09-11-2012 às 12:42 | por Bruna Rasmussen

Mãe hackeia sistema da escola para mudar a nota dos filhos

Aparentemente, esta foi a melhor solução encontrada para que a filha não reprovasse.

Catherine Venusto

Catherine Venusto. Fonte: Reprodução/Linkedin

Quem nunca teve um amigo que, em vez de estudar, gastava seu tempo elaborando colas absurdas e pensando em um jeito de alterar as notas no diário do professor?

Pois é, esse aluno cresceu e se transformou em Catherine Venusto, uma norte-americana, mãe de dois filhos, que resolveu hackear o sistema de notas da Northwestern Lehigh School, na Pensilvânia (EUA), para que a filha não reprovasse.

Catherine, que havia trabalhado na secretaria da escola por quatro anos e sabia como as coisas funcionavam, estava preocupada com o fato de sua filha estar reprovada. A fim de resolver a situação, ela fez o login no sistema com a senha geral, modificando a reprovação da filha. Bom, mas já que ela estava “com a mão na massa”, por que não ajudar também o filho? O garoto, que tinha tirado 98, teve sua nota alterada para 99.

O que ela não imaginava, no entanto, é que todas as mudanças ficam registradas. Então, quando a professora responsável pelas crianças percebeu a alteração,  ela prontamente alertou os responsáveis pela escola.

Agora, Catherine enfrenta, na justiça, acusações por ter invadido o sistema e alterado as notas. Não seria mais prático – e honesto! – ter ajudado a menina a estudar para as provas?

  • Fontes:


Tags: , ,






De volta ao topo ↑