Publicado em 12-02-2013 às 14:34 | por Bruna Rasmussen

Trabalhar em turnos aumenta em até 41% o risco de doenças cardíacas

Funcionários com turnos à noite são os que mais sofrem com derrames e ataques cardíacos, afirma estudo.

Turno de trabalho

Fonte: Reprodução/StockVault

Você trabalha em turnos? À noite? É melhor começar a cuidar do seu coração. Uma análise de estudos realizados com mais de 2 milhões de pessoas revelou que funcionários que trabalham em turnos – e principalmente à noite –  têm mais chances de sofrer doenças cardíacas ou vasculares.

A pesquisa, publicada pelo British Medical Journal, comparou 34 estudos anteriores e chegou à conclusão de que pessoas que trabalham em turnos têm um risco 23% maior de ter um ataque cardíaco do que uma pessoa que trabalha no chamado horário comercial. Para os que cumprem turnos à noite, esse número subiu para alarmantes 41%.

A explicação, segundo os pesquisadores, está na condição socioeconômica desses trabalhadores e nos comportamentos não muito saudáveis que eles geralmente adotam, como ter um sono irregular e consumir alimentos pouco saudáveis.

Escalas prejudicam a saúde

Além disso, especula-se a relação entre os turnos de trabalho e o câncer. Isso poderia acontecer devido ao relógio biológico e à produção de hormônios, que acabam ficando instáveis devido à falta de uma rotina.

Trabalho noturno

Fonte: Reprodução/StockVault

Para o Dr. Peter Coleman, responsável pela pesquisa relacionada ao câncer, “já é sabido que trabalhar em escala irregular faz mal para a saúde. Isso bagunça o relógio biológico e está frequentemente associado a um maior risco de pressão alta, colesterol alto e diabetes, fatores que aumentam as chances de se ter um derrame”.

  • Fontes: 


Tags: , ,






De volta ao topo ↑