Publicado em 20-09-2012 às 11:24 | por Bruna Rasmussen

Esqueça o cheddar: queijos são feitos usando bactérias do sovaco e do dedão do pé de humanos

Parceria entre artista e cientista criou queijos com sabores e odores únicos.

Queijos sendo feitos

Queijos sendo fabricados. Fonte: Reprodução/Christina Agapakis

Queijo de sovaco e queijo de nariz talvez não cheguem às prateleiras do supermercado do seu bairro, mas estas são algumas das novas variedades de queijo inventadas por Sissel Tolaas e Christina Agapakis. O projeto, chamado de Bacterially, consiste em coletar bactérias de diferentes partes dos corpos de 71 voluntários e cultivá-las junto a laticínios, dando novos gostos e odores aos queijos.

Antes de abrir a boca e gritar um “UUUUUI! QUE NOJO!”, vale lembrar que os queijos são feitos com bactérias e que muitas delas também estão presentes no corpo humano. É o caso do queijo Limburger, por exemplo, uma variedade cara e com um odor bastante forte, que é feito com a mesma bactéria responsável pelo chulé do seu pé.

Criando queijos

Pesquisadoras misturam os queijos às bactérias. Fonte: Reprodução/Christina Agapakis

De acordo com as organizadoras, o Bacterially busca entender melhor qual é a relação entre a comida e o nosso corpo. “O projeto começou quando nos demos conta de que o ecossistema presente na pele humana é geralmente semelhante aos micróbios característicos do queijo”, explicaram.

Agora imagine chegar em um restaurante e pedir um delicioso hambúrguer com queijo de cotovelo. Você arriscaria?

  •  Fontes:


Tags: , ,






De volta ao topo ↑