Publicado em 25-11-2012 às 20:43 | por Bruna Rasmussen

Novo tipo de terapia coloca paciente dentro de um caixão e o faz “renascer”

Prática começou na China e tem a intenção de fazer a pessoa enxergar a vida a partir de uma nova perspectiva.

Terapia propõe experiência de quase-morte

Fonte: Reprodução/Quirky China/Rex Features

A vida anda difícil e os problemas estão consumindo a sua cabeça? Uma nova modalidade de terapia criada na China está chamando a atenção e ganhando muitos adeptos.

Diferente dos métodos terapêuticos comuns, o processo consiste em colocar o paciente dentro de um caixão e fazê-lo passar por uma experiência de “morte”, renascendo para uma nova vida. A técnica foi criada pelo consultor de psicologia Tang Yulong e já foi aplicada em mais de 1.000 pacientes, na província de Liaoning.

Como funciona

Em uma pequena sala, o paciente escreve suas últimas palavras e, em seguida, deita no caixão. Coberto por um pano branco, o “morto” escuta lamentações e choros, como se estivesse no próprio velório. A diferença é que, em vez de ser enterrado, minutos depois é hora de renascer. O barulho de um bebê chorando toma conta do ambiente e, enquanto o pano é retirado, músicas alegres são tocadas.

A experiência de “morte”, proposta por Yulong, tem como base a teoria da sugestão, quando sentimentos e pensamentos de uma pessoa são guiados por uma outra. O consultor afirma que essa técnica é utilizada como parte de um tratamento terapêutico e que não resolve, por si só, o quadro do paciente. E então, será que funciona?

  • Fontes:


Tags: , , , ,






De volta ao topo ↑