Publicado em 06-01-2013 às 0:27 | por Bruna Rasmussen

Viscoso, mas gostoso: bombons são feitos com farinha de inseto

Franceses da Micronutris garantem que insetos são saborosos e supersaudáveis. 

Chocolate de insetos

Fonte: Reprodução/Micronutris

Os chocolates produzidos pela empresa francesa Micronutris são finos e muito bonitos. O único senão deles fica por conta da decoração, que não é feita com uma noz ou avelã, mas sim com um grilo.

Os insetos, a aposta da empresa para o futuro, são criados na França pela própria Micronutris e alimentados com produtos orgânicos. Mesmo sendo um hábito bastante difundido mundo afora, já que 113 países consomem diariamente mais de 1700 tipos de insetos, é difícil considerar o lanchinho oferecido pela empresa francesa como apetitoso.

Crocantes e saudáveis

Os bichos, apesar de serem menosprezados por nós, são bastante saudáveis. Eles contém diversas vitaminas, cálcio, ferro, magnésio, ômega 3, além de serem uma fonte de proteína (lembre-se, são crocantes). Com toda essa bagagem nutricional, os insetos ainda possuem pouquíssima gordura – ou seja, são supersaudáveis.

Variedade de insetos

Fonte: Reprodução/Micronutris

Segundo o tablóide alemão das Bild, o resposável pela criação de insetos da Micronutris, Jérémy Defrize, considera os insetos como a chave para o futuro da nossa (sim, nossa) alimentação.

Para Defrize, doutor em Biologia, até 2050, com uma população estimada em nove a dez milhões de humanos, a Terra não terá condições de suprir proteína de origem animal para todos os seus habitantes. A chave para esta falta calamitosa de comida ficaria, então, por conta da criação de insetos para o consumo ou então da produção de carne sintética.

10 motivos para comer insetos

Viscoso mas gostoso

Fonte: Reprodução/Micronutris

Mas se você ainda não conseguiu se convencer, o site da empresa francesa conta, inclusive, com uma página chamada “por que comer insetos” que lista 10 motivos para você incluir esses crocantes bichinhos na sua dieta. Confira:

  1. Eles são um alimento rico em proteínas e pobres em gordura;
  2. Eles têm qualidades nutricionais importantes e são fontes de vitaminas;
  3. Os insetos são a chave para alimentar os 9 bilhões de habitantes da Terra em 2050;
  4. O impacto ambiental de sua criação é mínimo, emitindo 78 vezes menos CO2 que a criação de bois ou 310 vezes menos CO2 que a criação de porcos;
  5. Eles são uma fonte mais segura de nutrição, já que não desenvolvem as mesmas doenças que nós, humanos;
  6. A criação de insetos é a mais eficiente. 10 kg de alimentos geram 9 kg de insetos ou 1 kg de carne bovina;
  7. Os insetos são uma alternativa à criação intensiva de animais;
  8. A criação de insetos ajuda a manter a biodiversidade;
  9. Os insetos apresentam uma ampla variedade de gostos de formas, com milhares de opções para o consumo;
  10. O consumo de insetos é uma prática antiga. Aristóteles era fã dos bichinhos;

Grilo de ouro?

Infelizmente, ajudar o planeta, pensar no futuro, e poupar vaquinhas e porquinhos não sai barato. Um pacotinho com 160 besourinhos secos ou 40 grilos custa 12,50 euros (cerca de R$ 34), enquanto que uma caixa de bombons com 12 unidades sai por 19,50 euros (mais de R$ 50).

Caixa de chocolate

Fonte: Reprodução/Micronutris

Para os novatos da entomofagia (a prática de comer insetos), a empresa ainda oferece o pacote “descoberta”, que, pela bagatela de 59 Euros (R$ 160), você pode levar duas caixas de bombons (uma para você, outra para dar de presente), um pacotinho de grilos e outro de besourinhos secos. O que você vai lanchar hoje?

  • Fontes:


Tags: ,






De volta ao topo ↑