Publicado em 18-08-2012 às 21:09 | por Bruna Rasmussen

O cérebro “dedura” quantos anos você tem, diz estudo

Mudanças na anatomia cerebral funcionam como um relógio interno.

Fonte: Reprodução/UC San Diego

Mentir sobre a idade está com os dias contados. Uma descoberta dos cientistas da UC San Diego, nos EUA, permite saber a idade de qualquer pessoa fazendo uma simples ressonância magnética.

“Nós descobrimos um ‘relógio do desenvolvimento’ dentro do cérebro – uma assinatura biológica do estado de maturação que captura alterações muito bem, apesar das diferenças que existem entre os indivíduos”, explicou o Timothy Brown, um dos responsáveis pela pesquisa.

Descoberta quase certeira

Mais de 800 voluntários de 3 a 20 anos foram analisados com ressonâncias magnéticas e, a partir disso, foram identificados 231 pontos de alteração cerebrais que, combinados, podem verificar a idade do indivíduo com até 92% de precisão.

Muitos desses pontos já foram estudados anteriormente, porém, analisa-los isoladamente é insuficiente. Assim, a rede construída agora combina esses pontos e permite identificar as modificações cerebrais e, por conseguinte, a idade.

“O fato de que nós encontrarmos uma coleção de medidas cerebrais que pode capturar a idade de uma pessoa tão precisamente significa que o desenvolvimento do cérebro, ou pelo menos de determinados aspectos dele, é mais complexo do que nós achávamos”, afirmou Brown.

Essa descoberta poderá ser útil para entender doenças relacionadas ao desenvolvimento neurológico, como o autismo e o TDAH.

  • Fontes:


Tags: , , , ,






De volta ao topo ↑