Publicado em 01-02-2013 às 23:33 | por Bruna Rasmussen

Lagarto bizarro esguicha sangue pelos olhos para espantar predador [vídeo]

O chamado “lagarto cornudo” possui curiosos mecanismos de defesa contra lobos e coiotes.


A natureza dá aos animais mais frágeis os métodos de defesa mais poderosos. O chamado lagarto cornudo (short-horned lizard, em inglês) é um animal peculiar, que vive nos desertos das Américas do Norte e Central, alimentando-se basicamente de formigas e de besouros.

Sua pele é bastante grossa e em todo o corpo existem pequenos chifres de proteção. Apesar do lagarto se garantir com as formigas, animais maiores, como coiotes e lobos, são predadores perigosos, o que exige um mecanismo de segurança extra. Quando em situação de perigo, o lagarto cornudo consegue inflar o corpo até ficar duas vezes o seu tamanho original.

With lasers!

Mas se isso não for suficiente para assustar o predador, o lagarto tem uma arma secreta: ele esguicha sangue pelos olhos, assustando o animal que estiver a fim de jantá-lo.

Lagarto cornudo

Fonte: Reprodução/Tom Brennan

Esse bizarro mecanismo de defesa é possível graças a dutos presentes nos cantos dos olhos e que são ativados a partir da pressão que o lagarto faz em momentos de perigo. O sangue expelido contém ainda uma substância química que é nociva para cachorros, lobos e coiotes, garantindo a sobrevivência do lagarto cornudo.

Por serem achatados e redondos, os lagartos cornudos também são conhecidos como “horned toad”, ou tartarugas cornudas, e não são maiores do que uma xícara.

  • Fontes:


Tags: , ,






De volta ao topo ↑